Aguardando aprovação em Senado, PEC poderá acabar com imunidade fiscal das igrejas.

No portal Página Ideia Legislativa, foi feito um pedido de fim da imunidade tributária para as entidades religiosas, em março de 2015, e que em poucos meses alcançou o número de 20 mil apoiadores na internet.
Atingindo o número máximo de eleitores exigidos pelo portal, a proposta passou a ser analisada pelo Senado Federal e poderá se transformar em uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição). Segundo a página do Senado, o motivo do pedido seria os escândalos financeiros que os líderes religiosos se envolvem.
O texto se refere curiosamente apenas as igrejas e não a outras entidades como centros espíritas ou terreiros afro-brasileiros.
O senador José Medeiros, na Comissão de Direitos Humanos, disse em entrevista à Agência do Senado que está preparando relatórios, e ouvindo pessoas de ambas as partes, e que ainda está em construção.”Há argumentos de que as igrejas usam isso para enriquecer seus comandantes, e outros argumentos de que as igrejas prestam serviços sociais e que fazem parte do papel que é do estado, levando a comunidade apoio psicológico, cursos de formação dentre outros serviços”.
A tramitação é lenta, o projeto de iniciativa popular ainda aguarda o parecer do relator.

Recomendados Para Você: