Ex goleiro Bruno aceitou Jesus ainda quando estava preso.

O goleiro Bruno Souza de 32 anos, foi convertido na cadeia e afirma que está arrependido e que hoje é uma pessoa melhor e que não existe pecadinho ou pecadão, mas que tudo é pecado.
Hoje recomeçando sua vida longe das grades, retoma a carreira no Boa Esporte, time mineiro da região sul de Minas Gerais, time de Varginha. Depois de 6 anos presos dos 22 anos que foi condenado pela morte de Eliza Samudio, mãe do seu filho, aguarda em liberdade desde o mês de fevereiro o recurso contra a sua condenação a ser julgado em segunda instância.
O ex jogador do Flamengo falou sobre sua mudança de vida, e que aceitou Jesus e se converteu na prisão, foi batizado nas águas em 2012 e que na época os pastores Anderson e Aline Duarte, líderes da igreja evangélica Restaurando Vidas, relatam que o goleiro mostrava bastante resistência nas reuniões do culto, mas que Bruno mostrava força de vontade em mudar de vida.
Bruno fala sobre Deus, e afirma que Deus nunca o abandonou naquele lugar, e que o que ele fez foi um choque para o Brasil inteiro, mas pede uma oportunidade de recomeçar a vida.”Não sou bandido, cometi um erro grave,” Assegura Bruno. Afirmando ser normal a volta para o futebol, agora que está livre da prisão.