Líder palestino diz que guerra só acaba ao entregar territórios.

O presidente da autoridade Palestina, Mahmoud Abbas disse: “O terrorismo não será erradicado até a questão palestina seja resolvida”. Após receber uma equipe do presidente Donald Trump ele voltou a dizer que espera que se chegue á “paz” na região.
Abbas limitou-se a usar da antiga retórica: “O mundo está completamente convencido de que nem os eventos que ocorrem no Oriente Médio e em todo o mundo, nem a questão do terrorismo podem ser tratados sem que se resolva a questão da palestina”. Mahmoud Abbas diz que a próxima cúpula da liga àrabe tratará do “processo de paz” no Oriente Médio.
Sem explicar como isso afeta a guerra jihadista em curso na Síria e no Iraque, países majoritariamente islâmicos, nem como pretende impedir novos atentados em nações europeias.
 OS palestinos e seus apoiadores repetidas vezes tentam alegar que o conflito palestino-israelense é um catalisador para grupos terroristas que propagam o ódio no mundo todo.
O líder palestino destacou também que na próxima cúpula da Liga Àrabe, a ser realizada mês que vem em Amã na Jordânia, tratará de costurar um acordo de paz baseado na “iniciativa de Paz Àrabe”, um antigo movimento que garante que haverá um reconhecimento do estado judeu feito pelas nações islâmicas assim que houver um acordo definitivo entre Israel e os palestinos.

Recomendados Para Você: