Pesquisa mostra a quantidade de crianças que morrem de fome na África

O Lêmem, país mais pobre do Oriente, é atingido pela situação da fome que se agrava com a guerra civil.Calcula-se que dois terços da população, equivalente a 17 milhões de pessoas padecem com insegurança alimentar, e que necessitam de ajuda emergencial.
Milhões de pessoas estão enfrentando uma fome grande que atinge a bacia do Lago Chade, incluindo Sudão do Sul, Nigéria, Somália e partes de Camarões e Chade, a ONU Organização Das Nações Unidas classifica a situação como a “pior crise humana desde 1945”.
A delegação do Conselho de Segurança das Nações Unidas disse que o investimento necessário é no valor de 4,4 bilhões de dólares, equivalente a 13, 9 bilhões de reais, para evitar uma catástrofe e que o dinheiro precisa ser investido o quanto antes, pois a situação é grave.
Cerca de 1,4 milhão de crianças correm o grande risco de morrer nos próximos meses, sendo a maioria das vítimas dessa tragédia.
Coordenador da ajuda humanitária das Nações Unidas, diz não saber se eles conseguirão evitar a maior catástrofe dos 70 anos de história das Nações Unidas.