Segundo pastor, as orações paternas são as melhores para os filhos.

Um renomado líder espiritual e pastor da grande igreja na Califórnia, a Harvest Christian Fellowship, trouxe à tona seus pensamentos sobre filhos que deixam a fé cristã de lado. Aos pais ele disse que ficassem tranquilos e sempre se mantivessem em oração pelas suas crias, deste modo não haveria com o que se preocupar.

O pastor Greg Laurie usou como base a parábola do Filho Pródigo, que conta a história de um homem que tinha dois filhos. O filho mais novo resolveu pedir ao pai sua parte da herança e foi para uma terra distante viver sua vida como achava que deveria. Nessa terra distante ele vai gastando seu dinheiro com seus prazeres, até que tudo acaba e ele vira quase um mendigo. No momento mais crítico ele sente vontade e necessidade até de comer a lavagem que era dada aos porcos, tamanha era a fome que sentia. Ele, então, se lembra da casa do pai e resolve voltar arrependido. É recebido com muita festa pelo pai e rejeitado pelo seu irmão mais velho! “Mesmo quando criadas em bons lares, os filhos às vezes se rebelam ou até mesmo se desviam – e os pais sentem que de alguma forma fracassaram”, escreveu o pastor em suas redes sociais.

O pastor relata a sensação em que os pais que sofrem com essa atitude de seus filhos, pois já vivei isso um dia em sua casa diz que seus filhos tiveram momentos pródigos na vida, se afastaram de Deus e de sua fé por tempo determinado, porem ficamos sempre em oração e logo eles voltaram para casa.

Laurie afirma que a atitude dos pais é importantíssima nesse momento de dificuldade, e que se deve permanecer calmo e confiar em Deus com toda sua fé. Momentos como esses são capazes de nos abalar, porem nunca devemos transparecer isso ou até mesmo descontar tais atitudes. Se o amor de Deus e do próprio pai sempre foi algo que foi ensinado no lar, isso está plantado no coração de seus filhos, independente do que eles estejam fazendo. A fé tem um poder que não podemos contar ou medir, e o pastor afirma que esse poder, pode nos reerguer como pessoas, nossas casas e principalmente nossas famílias e que nunca devemos parar de orar por nossos filhos. A família do pastor passou por uma fatalidade a oito anos atrás. A morte de seu filho Christopher em um grave acidente de carro. Porem com toda dor e angustia, eles nunca deixaram o amor de Deus de lado e permaneceram firmes em sua fé.

Recomendados Para Você: